IMPLANTES

Carga Imediata Unitária

A técnica de carga imediata unitária é utilizada em pacientes que tiveram a perda de um ou dois dentes em diferentes regiões, pudendo assim melhorar a estética deixando o dente de um modo natural.

O que é implante unitário?

Com a ausência de um dente por causa de acidente ou mesmo remoção a melhor forma de preencher o local vazio é fazendo implante unitário. As vantagens são evidentes:
Os dentes vizinhos ficarão intactos.
O dente fica preso pelo implante sendo assim facilitando a limpeza por fio dental.
Rápida aplicação(em torno de 4 sessões).
Não sofre por doenças (caries e infiltrações).
Em alguns casos é possível instalar um dente provisório logo em seguida da colocação do implante.

Um implante tradicional na arcada superior pode levar até seis meses para conseguir o resultado definitivo, e na mandíbula (arcada inferior) entre três e quatro meses. Já o Implante de Carga Imediata permite ao paciente submeter-se a todas as etapas do processo numa única consulta, e sair dela já com o dente pronto.

Mas eu só posso fazer um implante unitário?

Não. Uma opção é fazer implantes unitários em cada cavidade onde se encontrava o dente, podendo até fazer implantes unitários em cada cavidade da arcada dentária.

Tem casos específicos?

O tratamento imediato só é recomendado para dois tipos de paciente:

1) Quando houve fratura de dente da frente ou quando o tratamento endodôntico (canal) foi mal sucedido, porém tem estrutura óssea suficiente.

2) O paciente que já perdeu o dente em media há cinco anos.

Em ambos os casos, o dente colocado no momento da cirurgia é provisório e a confecção da prótese final, seguirá o mesmo procedimento que o implante tradicional.

É possível fazer a cirurgia após a extração do dente?

É possível sim, desde que seja um dente da parte anterior (da frente) e que a região óssea do dente extraído seja boa.

Aqui na D’Implantes também temos casos de pacientes que decidiram trocar um dente com pino por um implante. Essa troca foi feita por recomendação do dentista.

Cuidados com um implante unitário

É importante limpar entre e ao redor dos implantes, este espaço pode ser muito estreito.

A falta de uma higienização adequada pode contribuir para o surgimento de inflamações graves como:
• Mucosite peri implantar - É uma condição inflamatória que acomete o tecido mole em volta do implante.
• Peri implantite - também afeta o osso ao redor do implante nos tecidos ao redor dos implantes.
Ambas estas doenças são infecciosas.

A D´Implantes também alerta para o uso do tabaco, pois este também pode levar aos mesmos processos infecciosos descritos anteriormente.

Dicas de limpeza

• Utilizando uma fita dental deslize-a em volta do implante de modo a limpar o espaço entre o implante e a gengiva.
• Introduza a escova interdental suavemente fazendo movimentos para frente e para trás.
• Faça a limpeza também na face lingual